Connect with us

Sem categoria

Urologistas se reúnem em evento científico em São Paulo

Publicado

em

Foto ilustrativa

Mais de 180 especialistas se encontraram para discutir os principais problemas do trato urinário inferior, a jornada de quem sofre com a doença e a importância de uma relação sólida entre médico e paciente São Paulo sediou, pela primeira vez, o LUTS Fórum – evento científico voltado para médicos que contou com a presença de 183 urologistas de todo o Brasil. Em sua 4ª edição, o encontro foi realizado pela farmacêutica japonesa Astellas Farma Brasil, recentemente, no Theatro Net São Paulo. A companhia de teatro, Teatrês, abriu o encontro por meio de um esquete que retratou a jornada do paciente que sofre com LUTS (sigla em inglês para Sintomas do Trato Urinário Inferior). O evento foi focado em duas condições associadas com LUTS: a hiperplasia prostática benigna e a bexiga hiperativa. “De forma lúdica, os atores mostraram situações corriqueiras que afetam a qualidade de vida daqueles que sofrem com LUTS. O impacto social de quem convive com essas condições é muito grande”, explicou o chefe de departamento de hiperplasia prostática benigna da Sociedade Brasileira de Urologia, Dr. Ricardo Vita. Além de aulas técnicas sobre o tema, o evento também contou com a apresentação dos resultados do Brasil LUTS, o primeiro estudo epidemiológico sobre a prevalência dos sintomas urinários feito no Brasil. O Dr. Vita foi o responsável pela apresentação da pesquisa no evento. O estudo, conduzido pela Astellas Farma Brasil, com o apoio de três investigadores externos, contou com a participação de mais de 5 mil pessoas, entre homens e mulheres com 40 anos ou mais, representantes de todas as regiões do país. Entre outros dados, o levantamento revelou que cerca de 65% da população brasileira nesta faixa etária apresenta algum sintoma urinário. Outro ponto relevante é que a taxa de busca por tratamento entre indivíduos com sintomas urinários, foi considerada baixa no Brasil: apenas 40% das mulheres e menos de 30% dos homens procuram tratamento, apesar de reconhecerem os sintomas. Além disso, cerca de 70% dos homens e 80% das mulheres relataram pelo menos um sintoma urinário. “Esse tipo de evento científico é uma grande oportunidade para promover uma troca de experiência e educação médica de nível elevado. A bexiga hiperativa, doença caracterizada pela associação de urgência urinária, com ou sem incontinência associada, atinge cerca de 25% dos homens e das mulheres”, ressaltou Dr. Machado Moura, diretor médico da Astellas. O urologista responsável pelo serviço Hospital São Camilo Santana, Dr. Caio Cesar Cintra, também participou do LUTS Fórum e ressaltou a importância de avaliar o paciente de uma forma mais ampla. “É preciso avaliar o paciente com uma perspectiva global – sempre considerando o seu status mental e a sua condição clínica”, explicou o médico. Sebastião José Westphal, presidente da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), pondera que “o LUTS Fórum, além de ser um evento científico de alto nível, retratou as dificuldades que os pacientes enfrentam no seu dia a dia de maneira interativa. Isso permitiu fixar conceitos e avaliar a importância dos sintomas para os nossos pacientes no cotidiano de suas vidas”. Por meio de uma palestra, Dr. Carlos Henrique Bellucci, coordenador de projetos e diretrizes da Escola Superior de Urologia da Sociedade Brasileira de Urologia, abordou a importância da relação entre médico e paciente a respeito da tomada de decisão terapêutica e a individualização na escolha do tratamento. “Os pacientes que sofrem com bexiga hiperativa, que é uma das doenças do trato urinário mais comuns, têm especificidades. O especialista precisa identificar o impacto que a enfermidade está causando na qualidade de vida de cada indivíduo, antes de decidir por um tratamento. É de suma importância lembrar que toda intervenção terapêutica precisa de uma decisão compartilhada entre o médico e o paciente, isso é fundamental”, disse Bellucci. O evento também contou com duas discussões de casos clínicos interativos, que foram mediadas pelo mestre e doutor em urologia pela Escola Paulista de Medicina, Dr. Rogério Simonetti e pelo médico urologista, mestre e doutor em cirurgia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Dr. Rogério de Fraga. Saiba mais sobre LUTS Muitos adultos apresentam um ou mais sintomas do trato urinário inferior (LUTS, do inglês Low Urinary Tract Symptoms ou sintomas do trato urinário baixo) em algum momento da vida e a prevalência desses sintomas aumenta com a idade1. O estudo epidemiológico Brasil LUTS demonstrou que 40% dos homens e 60% das mulheres com 40 anos ou mais relataram sintomas urinários clinicamente significantes. Desses indivíduos, 48% relataram prejuízo da qualidade de vida devido aos sintomas urinários. No entanto, a procura por tratamento é baixa (34% dos indivíduos com sintomas urinários) e a taxa de tratamento é ainda menor (25% dos indivíduos com sintomas urinários). Por outro lado, a satisfação com o tratamento é alta (70%)1. Em um estudo internacional, mulheres (59,2%) relataram sintomas de armazenamento mais frequentemente do que homens (51,3%), enquanto o oposto foi verdadeiro para esvaziamento (homens, 25,7%; mulheres 19,5%) e sintomas pós-miccionais (homens, 16,9%; mulheres, 14,2%)2. A bexiga hiperativa é uma síndrome e inclui urgência miccional com ou sem incontinência urinária, geralmente com aumento da frequência diurna e noctúria, na ausência de qualquer outra patologia subjacente3-4 . Na Europa, aproximadamente 17% da população adulta apresenta sintomas de bexiga hiperativa. No Brasil, o estudo epidemiológico Brasil LUTS revelou que 25% dos homens e mulheres com 40 anos ou mais apresentam sintomas associados com a bexiga hiperativa1. Dos indivíduos com bexiga hiperativa, o aumento de frequência (85%) tende a ser o sintoma mais comumente relatado, seguido de urgência (54%) e incontinência de urgência (36%)5. Embora a maioria dos pacientes procure um médico por causa dos sintomas, apenas cerca de um terço recebem tratamento5. Homens e mulheres com sintomas incômodos de bexiga hiperativa relatam baixos níveis de qualidade de vida relacionada à saúde e produtividade no trabalho e altos níveis de ansiedade e depressão em comparação com aqueles sem nenhum sintoma ou sintomas mínimos (sem incômodo)6. Portanto, o principal objetivo do tratamento é melhorar a qualidade de vida e uma combinação de terapia comportamental e farmacológica frequentemente levará a resultados aceitáveis para os pacientes7. Hiperplasia prostática benigna (HPB) A HPB é uma doença que acomete cerca de 50% dos homens após os 50 anos. Entre os sintomas estão: dificuldade de urinar, jato urinário fraco, sensação de que a bexiga não foi completamente esvaziada, aumento do número de idas ao banheiro durante a noite e vontade incontrolável de urinar. Em alguns casos, a HPB pode acarretar presença de sangue na urina, infecção urinária de repetição, cálculos na bexiga, retenção urinária e insuficiência renal. 8 Referências: 1. Soler R, Gomes CM, Averbeck MA, Koyama M. The prevalence of lower urinary tract symptoms (LUTS) in Brazil: Results from the epidemiology of LUTS (Brazil LUTS) study. Neurourol Urodyn. 2018 Apr;37(4):1356-1364. 2. Irwin DE, Milsom I, Hunskaar S, et al. Population-based survey of urinary incontinence, overactive bladder, and other lower urinary tract symptoms in five countries: results of the EPIC study. Eur Urol 2006;50(6):1306–14. 3 Abrams P. Describing bladder storage function: overactive bladder syndrome and detrusor overactivity. Urology 2003;62(5 Suppl 2):28- 37; discussion 40–2. 4. Abrams P, Artibani W, Cardozo L, et al. Reviewing the ICS 2002 terminology report: the ongoing debate. Neurourol Urodyn 2009;28(4):287. 5. Milsom I, Abrams P, Cardozo L, et al. How widespread are the symptoms of an overactive bladder and how are they managed? A population based prevalence study. BJU Int 2001;87(9):760–6. 6. Coyne KS, Sexton CC, Kopp ZS, Ebel-Bitoun C, Milsom I, Chapple C. The impact of overactive bladder on mental health, work productivity and health-related quality of life in the UK and Sweden: results from EpiLUTS. BJU Int 2011;108(9):1459–71. 7. Wein AJ, Rackley RR. Overactive bladder: a better understanding of pathophysiology, diagnosis and management. J Urol 2006;175(3 Pt 2):S5–10 8. Bushman W. Etiology, epidemiology, and natural history of benign prostatic hyperplasia. The Urologic clinics of North America. 2009;36(4):403-15

Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espirito Santo do Pinhal

Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal

Publicado

em

Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal

Depois de dias quentes e com céu aberto, atípicos para o inverno, que se iniciou no último sábado, Espírito Santo do Pinhal (SP) deve ter um fim de semana com queda nas temperaturas e grandes chances de chuva, principalmente neste sábado (27), segundo informações do site Climatempo.

A frente fria começou a aparecer já na manhã deste sábado (27), trazendo nuvens carregadas e fortes ventos. A previsão indica que pode chover até 8mm e os termômetros marcarão entre 22° e 14°C.

- CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO -

No domingo, o céu deve continuar nublado e ainda há chances de chuva, no entanto, são previstos apenas 5mm. O frio também permanecerá, com mínima de 13° e máxima de 21°C.

Confira mais detalhes da previsão do tempo para o fim de semana em Pinhal:

Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal
Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal
Clique para ler

Sem categoria

Qualificação na quarentena: Capes oferece 25 mil vagas para cursos on-line e gratuitos

Interessados podem se inscrever no site da Capes

Publicado

em

Qualificação na quarentena: Capes oferece 25 mil vagas para cursos on-line e gratuitos

Para proporcionar qualificação a milhares de estudantes, 25 mil vagas para cursos on-line e gratuitos são ofertados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para quem está em busca de aperfeiçoamento profissional em diferentes áreas. Para ter direito às formações, é preciso se cadastrar na Avacapes até o próximo dia 26.

As formações oferecidas possuem 60 horas de duração e têm como público-alvo estudantes de graduação, concluintes do ensino médio e alunos matriculados na Universidade Aberta do Brasil (UAB). 

- CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO -

Após a conclusão do curso, os estudantes receberão um certificado emitido pela Capes com a carga horária cumprida. Confira alguns dos cursos disponíveis na plataforma:

Português 2020

O material do curso aborda desde os conceitos básicos de texto, passando pelos processos e desafios da leitura e da escrita, até chegar a níveis mais avançados de interpretação e de escrita no meio acadêmico. Os minicursos possibilitam o contato inicial com os conceitos, processos e desafios da leitura, da interpretação e da escrita. Os cursos ofertados são:

– Coerência textual: sentido global do texto

– Principais fatores envolvidos no estabelecimento da coerência textual

– Concordância nominal e verbal

– Regência nominal e verbal

– Descrever, narrar, expor e argumentar

– Gêneros textuais: formas de ação linguística

Matemática 2020

Esta série de minicursos é destinada para quem precisa aprender um pouco mais sobre matemática, bem como potencializar a compreensão das habilidades e características relativas à disciplina, como estratégia de expressão do material e do imaginário humano, promovendo oportunidades de expansão e troca de informação e de conhecimentos no universo acadêmico. O curso aborda: 

– Conjuntos numéricos e as operações fundamentais

– Potenciação e Radiciação

– Equações

– Funções

Tecnologias da Informação e Comunicação 2020

As temáticas apresentadas e discutidas nos minicursos que compõem este material de TICs buscam oferecer suporte técnico e também desencadear uma série de reflexões que servirão de base e fundamentação para leitura e estudo de pessoas interessadas nessa área. 

O objetivo é dar suporte técnico às pessoas interessadas em conhecer um pouco mais o cenário atual dos recursos tecnológicos, bem como potencializar suas qualificações na área da tecnologia digital, promovendo oportunidades de expansão e troca de informação e de conhecimentos no contexto onde atuam. Para isso, há disponíveis três minicursos: 

– O estudante de EaD

– Sociedade em rede 

– Educação a Distância

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Clique para ler

Espirito Santo do Pinhal

Por 14 mil, Prefeitura de Pinhal adquire 40 termômetros infravermelho

Publicado

em

Por 14 mil, Prefeitura de Pinhal adquire 40 termômetros infravermelho

A Secretaria Municipal de Saúde de Espírito Santo do Pinhal publicou um despacho nesta terça-feira (09), autorizando a compra de 40 unidades de termômetro corporal digital infravermelho portátil para fins de prevenção e combate ao novo coronavírus.

Segundo a prefeitura, os termômetros serão utilizados nas barreiras sanitárias do municípios, nas Unidades Básicas de Saúde e no Posto de Atendimento Avançado.

- CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO -

Sete empresas participaram da cotação de preços. A empresa vencedora foi a Marchiori & Peigo Ltda, de Espírito Santo do Pinhal.

Por 14 mil, Prefeitura de Pinhal adquire 40 termômetros infravermelho
Clique para ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2020 Portal de Pinhal - CNPJ 32.963.468/0001-78 - Todo conteúdo do site pode ser reproduzido, desde que citada a fonte.