Connect with us

Sem categoria

Raves: a delicada discussão sobre drogas e o prazer pela música

Publicado

em

Raves: a delicada discussão sobre drogas e o prazer pela música

No último final de semana, uma rave realizada na cidade de Andradas(MG) foi encerrada de uma forma trágica. Um jovem de 20 anos morreu no hospital após passar mal na festa e outro está internado em estado grave. Apesar de a produção do evento afirmar que substâncias ilícitas tinham entrada proibida, como sempre, as drogas foram apontadas como a causa dos incidentes. O estereótipo E isso não vem de hoje, nem de ontem. Governos de estados como o Rio de Janeiro e Santa Catarina chegaram a proibir a realização das raves, alegando que aquele era um território livre para a prática de atos ilícitos. Na verdade, desde o nascimento do estilo musical, no final da década de 1970, as batidas eletrônicas e os sons computadorizados sempre foram associados à psicodelia e ao transcender de consciência, estado mental alcançado, entre outros meios, pelo uso de entorpecentes. A experiência sensorial é uma das características da dance music que levam os chamados “fritos” às raves, mas as drogas não são necessárias. Pelo menos é o que afirmam os festeiros de Salvador. “Quando alguém diz que precisa usar qualquer coisa para poder curtir uma festa, então tem algum problema aí”, garante o estudante Messias Pereira. O livre-arbítrio Messias frequenta raves em Salvador e região há mais de um ano e conta que sempre fez uso das substâncias. “Eu gosto dos efeitos da droga e por isso uso, acho a experiência interessante. Mas tive um belo aproveitamento de festas tanto sóbrio quanto sob efeito”, explica ele, que tem 19 anos. A presença dos alucinógenos nas raves, na opinião dele, é inevitável: “onde há pessoas, há drogas e todo mundo sabe disso”. Proibir a presença das drogas é um dever da produção da festa, dada a ilegalidade das substâncias, como prevê o Artigo ll da Lei nº 11.343, de agosto de 2006. Na prática, porém, trata-se de uma questão de livre arbítrio. Essa é a opinião de Janaína Fialho, 30 anos. Ela curte festas rave desde os 20 e defende o poder de escolha. “Óbvio que a maioria compra, mas ninguém é obrigado. As pessoas são livres para fazer o que querem. Essa é justamente uma das filosofias das festas rave”, explica. Qual seria então a razão para as pessoas escolherem por si mesmas fazer uso dos entorpecentes? A resposta para essa pergunta é dada por Alan Santos, de 25 anos. Festeiro desde os 22, ele revela o motivo pelo qual tanta gente escolhe se drogar: “as sensações são mais intensas, você aguenta mais tempo e não fica cansado”. Raves: a delicada discussão sobre drogas e o prazer pela música A escolha A “energia extra” pode ser proporcionada por vários tipos de drogas. E é exatamente isso que muita gente vai buscar. “As drogas pesadas, como loló e doce, por exemplo, são para aqueles que vão para ‘viajar’, não pelo som. Quem realmente é apaixonado pelo som não precisa usar, porque já ‘viaja’ só com ele”, opina Alan. As drogas intensificam a produção de serotonina, endorfina e demais substâncias no organismo, capazes de proporcionar prazer imediato. O corpo humano já produz essas substâncias por si só, com a ajuda de atividades físicas e intelectuais. Em entrevista ao iSaúde, a psiquiatra Julieta Guevara lembrou que, além dos efeitos considerados bons pelos usuários, as substâncias podem também causar males irreversíveis. “Todas as drogas geram um tipo de lesão. O álcool, por exemplo, tem a toxidade cerebelar, hepática, pancreática, mas a maconha, por sua vez, tem a toxidade pulmonar igual ao cigarro e abre a possibilidade para uma esquizofrenia mais cedo”, explica a especialista. Porém, a parte sóbria na rave é a que realmente importa e aquela que faz ela ser o que é: uma celebração repleta de amor, energia, respeito e muito trance music. As drogas existem, amigos. Isso ninguém pode negar, pois é a verdade. Cabe a nós não deixarmos que os efeitos ultrapassem o prazer que a música nos proporciona e nos resumimos a ela. Nós não somos isso. Os sóbrios são caretas? Escolher, então, tornou-se fácil para Cássia Miranda. Frequentadora das festas há dois anos, ela conta que ignora a pressão para usar o que quer que seja: “aparece muita gente oferecendo, mas explico a situação e fica de boa. Tenho essa ideia bem estabelecida na minha mente. A música já te deixa em transe, e isso já basta pra mim”. Para a estudante, a escolha foi fácil, assim como curtir uma rave de 12 horas dançando sem parar. Tudo depende, então, do prazer que se sente com a música. “Careta pra mim é a galera que vai só para se drogar”, conclui. Matéria do Blog Trancenda

Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espirito Santo do Pinhal

Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal

Publicado

em

Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal

Depois de dias quentes e com céu aberto, atípicos para o inverno, que se iniciou no último sábado, Espírito Santo do Pinhal (SP) deve ter um fim de semana com queda nas temperaturas e grandes chances de chuva, principalmente neste sábado (27), segundo informações do site Climatempo.

A frente fria começou a aparecer já na manhã deste sábado (27), trazendo nuvens carregadas e fortes ventos. A previsão indica que pode chover até 8mm e os termômetros marcarão entre 22° e 14°C.

- CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO -

No domingo, o céu deve continuar nublado e ainda há chances de chuva, no entanto, são previstos apenas 5mm. O frio também permanecerá, com mínima de 13° e máxima de 21°C.

Confira mais detalhes da previsão do tempo para o fim de semana em Pinhal:

Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal
Previsão é de frio e chuva neste fim de semana em Espírito Santo do Pinhal
Clique para ler

Sem categoria

Qualificação na quarentena: Capes oferece 25 mil vagas para cursos on-line e gratuitos

Interessados podem se inscrever no site da Capes

Publicado

em

Qualificação na quarentena: Capes oferece 25 mil vagas para cursos on-line e gratuitos

Para proporcionar qualificação a milhares de estudantes, 25 mil vagas para cursos on-line e gratuitos são ofertados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para quem está em busca de aperfeiçoamento profissional em diferentes áreas. Para ter direito às formações, é preciso se cadastrar na Avacapes até o próximo dia 26.

As formações oferecidas possuem 60 horas de duração e têm como público-alvo estudantes de graduação, concluintes do ensino médio e alunos matriculados na Universidade Aberta do Brasil (UAB). 

- CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO -

Após a conclusão do curso, os estudantes receberão um certificado emitido pela Capes com a carga horária cumprida. Confira alguns dos cursos disponíveis na plataforma:

Português 2020

O material do curso aborda desde os conceitos básicos de texto, passando pelos processos e desafios da leitura e da escrita, até chegar a níveis mais avançados de interpretação e de escrita no meio acadêmico. Os minicursos possibilitam o contato inicial com os conceitos, processos e desafios da leitura, da interpretação e da escrita. Os cursos ofertados são:

– Coerência textual: sentido global do texto

– Principais fatores envolvidos no estabelecimento da coerência textual

– Concordância nominal e verbal

– Regência nominal e verbal

– Descrever, narrar, expor e argumentar

– Gêneros textuais: formas de ação linguística

Matemática 2020

Esta série de minicursos é destinada para quem precisa aprender um pouco mais sobre matemática, bem como potencializar a compreensão das habilidades e características relativas à disciplina, como estratégia de expressão do material e do imaginário humano, promovendo oportunidades de expansão e troca de informação e de conhecimentos no universo acadêmico. O curso aborda: 

– Conjuntos numéricos e as operações fundamentais

– Potenciação e Radiciação

– Equações

– Funções

Tecnologias da Informação e Comunicação 2020

As temáticas apresentadas e discutidas nos minicursos que compõem este material de TICs buscam oferecer suporte técnico e também desencadear uma série de reflexões que servirão de base e fundamentação para leitura e estudo de pessoas interessadas nessa área. 

O objetivo é dar suporte técnico às pessoas interessadas em conhecer um pouco mais o cenário atual dos recursos tecnológicos, bem como potencializar suas qualificações na área da tecnologia digital, promovendo oportunidades de expansão e troca de informação e de conhecimentos no contexto onde atuam. Para isso, há disponíveis três minicursos: 

– O estudante de EaD

– Sociedade em rede 

– Educação a Distância

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Clique para ler

Espirito Santo do Pinhal

Por 14 mil, Prefeitura de Pinhal adquire 40 termômetros infravermelho

Publicado

em

Por 14 mil, Prefeitura de Pinhal adquire 40 termômetros infravermelho

A Secretaria Municipal de Saúde de Espírito Santo do Pinhal publicou um despacho nesta terça-feira (09), autorizando a compra de 40 unidades de termômetro corporal digital infravermelho portátil para fins de prevenção e combate ao novo coronavírus.

Segundo a prefeitura, os termômetros serão utilizados nas barreiras sanitárias do municípios, nas Unidades Básicas de Saúde e no Posto de Atendimento Avançado.

- CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO -

Sete empresas participaram da cotação de preços. A empresa vencedora foi a Marchiori & Peigo Ltda, de Espírito Santo do Pinhal.

Por 14 mil, Prefeitura de Pinhal adquire 40 termômetros infravermelho
Clique para ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2020 Portal de Pinhal - CNPJ 32.963.468/0001-78 - Todo conteúdo do site pode ser reproduzido, desde que citada a fonte.