Connect with us

Espirito Santo do Pinhal

A partir de janeiro, itens básicos de alimentação podem ficar mais caros em SP

Ajuste fiscal do Governo do Estado de São Paulo deve atingir principalmente frutas, verduras e legumes.

Publicado

em

A partir de janeiro, itens básicos de alimentação podem ficar mais caros em São Paulo
Governador João Doria ( PSDB )

Alimentos básicos como leite, frutas, verduras, legumes, carnes, pães podem ficar até 4,32% mais caros a partir do dia 15 de janeiro nos supermercados de todo o Estado de São Paulo. O estudo foi feito pela Associação Paulista de Supermercados ( Apas ).

O aumento deve ocorrer após um ano de fortes pressões inflacionárias da comida no varejo. De janeiro a novembro por exemplo, os produtos in natura subiram quase 19% nos supermercados paulistas, apontam as estatísticas da entidade.

Segundo a Associação Paulista de Supermercados, o aumento no valor dos itens básicos de alimentação é resultado de uma decisão do governo paulista que retirou a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadores e Serviços ( ICMS ) de vários produtos.

Em nota, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo diz que o governo não aumentou impostos em meio à pandemia. “A lei 17.293/2020 promoveu a redução linear de 20% dos benefícios fiscais que são concedidos a alguns setores. Ou seja, 80% do benefício foi preservado”, diz a nota.

O governo contesta as informações da APAS e esclarece que decidiu manter as alíquotas e as isenções de alimentos que compõem a cesta básica, além de alguns medicamentos. De acordo com a Secretaria, com a aprovação dessa lei, o governo trá cerca de R$ 7 bilhões para fazer frente, em 2021, a desespesas com pagamento de servidores, manutenção de serviços públicos de qualidade e capacidade de investimento do Estado.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2020 Portal de Pinhal - CNPJ 32.963.468/0001-78 - Todo conteúdo do site pode ser reproduzido, desde que citada a fonte.