Siga-nos em

Espirito Santo do Pinhal

Covid-19: Vereadora aciona MP para investigar possíveis irregularidades na vacinação

Vereadora pede que MP apure as denúncias. Secretaria de Saúde emite nota sobre o caso.

Publicado

em

Francine Felix (Republicanos)

Em vídeo divulgado nas rede sociais, a vereadora Francine Felix, do Republicanos, afirmou ter tido dificuldades ao tentar ter acesso a lista de vacinados na Vigilância Epidemiológica de Espírito Santo do Pinhal.

Segundo a vereadora, após muita insistência e solicitação feita diretamente ao Secretário de Saúde, ela conseguiu vislumbrar a lista dos contemplados. Alguns nomes estariam incompletos, profissões não especificadas e outros que não deveriam ter sido incluídos nesta primeira etapa.

Em razão dos indícios de possíveis irregularidades, a parlamentar que também é advogada e Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, registrou um boletim de ocorrência e representou a denúncia no Ministério Público.

Outro lado

Em nota, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, diante das acusações
apresentadas sobre a vacinação contra a Covid-19, esclarece que:

Espírito Santo do Pinhal recebeu, em 20/01/21, 640 doses da Vacina Coronavac/Butantan.
Seguindo o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde de prioridades e com a orientação da DRS-14 (Diretoria Regional de Saúde) e o COSEMS/SP (Conselho de Secretários Municipais de Saúde), realizou a distribuição das doses entre Hospital Francisco Rosas, Pronto Atendimento, UBS (Unidades Básicas de Saúde), Centro de Saúde e Lar da Terceira Idade.

Cada instituição teve a autonomia de elencar seus profissionais da linha de frente para
receber a vacina. Ressaltamos que não houve nenhuma ingerência política sobre a decisão da aplicação das doses recebidas.

A lista visualizada pela vereadora não estava finalizada até o momento, sendo a mesma
notificada pelas funcionárias da Vigilância Epidemiológica sobre essa questão.

A lista nominal atualizada será disponibilizada hoje ao Ministério Público, visto que a
matéria foi judicializada.

Reiteramos nosso compromisso com a saúde pública em cumprir criteriosamente cada
etapa estabelecida pelo plano de vacinação. Ressaltamos a competência, zelo e responsabilidade de toda a equipe da Vigilância Epidemiológica, que vem trabalhando com muito esmero desde o início (Março/2020) da pandemia em prol de toda a população.

Caso haja alguma irregularidade nas Instituições contempladas neste primeiro momento,
isso será rigorosamente apurado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde.

Compartilhe esta notícia

Clique aqui