Siga-nos em

Geral

Butantan entrega 1,1 milhão de doses e paralisa produção

Publicado

em

© Foto Reprodução

Nesta sexta-feira (14) o Instituto Butantan entrega ao Ministério da Saúde mais 1,1 milhão de doses da vacina anticovid CoronaVac. Após essa remessa, a produção do imunizante será paralisada devido à falta de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA).

Para que a fabricação seja retomada, é necessário que a China libere 10 mil litros de matéria-prima, que deve resultar em 18 milhões de doses. Até lá, a fábrica responsável pela CoronaVac produzirá vacinas da gripe. Segundo o diretor do instituto, Dimas Covas, não há previsão de recebimento das encomendas.

Até o momento, 15 estados suspenderam a vacinação com o imunizante por falta de doses. O governador João Doria responsabiliza falas do presidente Jair Bolsonaro sobre a China pela falta de insumos.

De acordo com Dimas Covas, o Butantan deve entregar ao Ministério da Saúde menos da metade das doses previstas para o mês de maio: um total de 5 milhões, em vez de 12 milhões. O cronograma deve ser recuperado em junho caso novos lotes da IFA cheguem sem atrasos.

Até o momento, o Butantan entregou 46 milhões de doses da CoronaVac, encerrando a primeira parte do contrato com a pasta da Saúde.

Compartilhe esta notícia

Clique aqui