Siga-nos em

Política

Para evitar apagão, Bolsonaro edita decreto sobre contratação de energia reserva

Publicado

em

© Foto Reprodução

Para aumentar a segurança do sistema elétrico brasileiro e evitar o desabastecimento de energia, o presidente Jair Bolsonaro editou um decreto que regulamenta a realização de leilões para contratar usinas “reservas” de geração de energia. A regulamentação foi publicada em edição extra do “Diário Oficial da União”(DOU) desta sexta-feira (28).

A medida acontece em meio a falta de chuva recorde nos reservatórios.

“Eventuais oscilações na demanda em razão de algum aumento no consumo ou em razão de flutuações na oferta devido à redução da geração em outras usinas podem ser supridas sem que haja interrupção na prestação do serviço de fornecimento de energia elétrica. Em última análise, a contratação dessa reserva de capacidade torna o sistema mais seguro e estável”, diz em nota a Secretaria-Geral da Presidência.

“A garantia de suprimento de potência passa a ser cada vez mais relevante com as recentes alterações na matriz energética brasileira, que deixou de ser formada estritamente por hidrelétricas com reservatórios e termelétricas, passando a contar com relevante participação de fontes de geração variáveis e não controláveis (usinas eólicas, solares e hidrelétricas a fio dágua, ou seja, sem reservatórios)”, diz o governo.

*Gazeta Brasil

Compartilhe esta notícia

Clique aqui