Siga-nos em

Geral

Governador de Santa Catarina anuncia piso salarial de R$ 5 mil para professores

Publicado

em

© Foto Reprodução / Rede Sociais

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), disse nesta segunda-feira (14) que nenhum professor da rede estadual que cumpra 40 horas vai receber menos de R$ 5 mil. O anúncio surpreendeu, porque o valor é bem maior do que o piso atual do Magistério, que está em R$ 2,8 mil. O reajuste, nesse caso, é de 44%.

Moisés não detalhou como pretende incrementar os salários dos professores da rede estadual, mas a imprensa apurou que o assunto já está em discussão na Secretaria de Administração e na Secretaria da Fazenda. O Estado pretende detalhar como fará a mudança nas próximas semanas.

A tendência é que o valor de R$ 5 mil, como remuneração mínima, inclua todas as fontes de pagamento do professor – o que o Estado chama de ‘rubricas’. Isso significa que os R$ 5 mil não serão o salário base, sobre o qual incidem outros benefícios, mas a verba remuneratória. Professores que não alcançarem esse valor, somadas todas as fontes de remuneração, terão complemento salarial para chegar ao valor mínimo estabelecido pelo governo.

Luiz Carlos Vieira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação de (Sinte), diz que, com o movimento, Santa Catarina segue estados como Maranhão, Ceará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que já aplicam o valor mínimo de R$ 5 mil para salários de professores que têm nível superior.

*Com informações do G1 e NDMais

Compartilhe esta notícia

Clique aqui