Connect with us

Mogi Guaçu

‘Lockdown noturno’ começa hoje em Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Itapira e Estiva Gerbi

Também está proibido consumir bebidas alcoólicas em locais públicos

Publicado

em

© Foto edição Lucas Rotelli / Agência Portal

As prefeituras de Mogi Guaçu (SP), Mogi Mirim, Itapira e Estiva Gerbi, decidiram adotar medidas de restrição para combate ao novo coronavírus em conjunto a partir de sábado (19). O atendimento presencial será vedado em todos os serviços entre 19h e 5h, com exceção de farmácias, postos de combustíveis, serviços médicos, funerários e indústrias.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Resumo das regras:

  • A partir de sábado (19), apenas farmácias, postos de combustíveis, serviços médicos, funerários e indústrias podem atender presencialmente de 19h às 5h;
  • Neste intervalo, supermercados, restaurantes, bares, lojas de conveniência e outros comércios devem vender apenas por entrega (delivery);
  • Igrejas e outros templos religiosos não podem funcionar entre 19h e 5h;
  • Consumo de bebida alcoólica é vedado em áreas públicas no mesmo intervalo;
  • As regras serão mantidas por 12 dias, mas podem ser prorrogadas;

Restaurantes, padarias, supermercados e outros comércios poderão atender somente por delivery, já que a retirada no local também é proibida. As restrições vão vigorar pelo menos até 30 de junho, mas podem ser prorrogadas.

Além das proibições para comércios, a população das quatro cidades também está proibida de consumir bebidas alcoólicas em locais públicos, como ruas, praças e avenidas, entre 19h e 5h.

Igrejas e outro templos religiosos também não poderão funcionar no período definido. A medida abrange, ainda, feiras livres, lojas de conveniência e comércios similares.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Restrições sugeridas pelo governo estadual

Segundo a Prefeitura de Mogi Mirim, a decisão foi tomada após o governo estadual publicar, em 11 de junho, de uma Nota Técnica do Centro de Contingência do Coronavírus.

Na nota, o governo recomenda que os municípios com taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na casa de 90% desestimulem “fortemente” a circulação de pessoas entre 19h e 5h. Segundo a prefeitura, é o caso de Mogi Mirim, Mogi Guaçu e Itapira.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

*G1

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO
CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO Booking.com
Clique Aqui