Siga-nos em

Geral

SP: lojas e agência bancária são alvos de vandalismo durante protesto ‘Anti-Bolsonaro’

Publicado

em

© Foto Reprodução / Redes Sociais

Lojas e uma agência bancária na Rua da Consolação, em SP, foram alvos de vandalismo durante a passagem do protesto contra o presidente Bolsonaro neste sábado (19).

Na parte inferior do muro da agência, foi feita a inscrição “fora, milicos” com tinta spray, além dos símbolos dos movimentos feminista e antifascista.

Na mesma calçada, mais adiante, a lanchonete Sujinho também foi alvo de pichações, recebendo as frases “Marielle vive” e “chega de extermínio” em sua vidraça enquanto estava em funcionamento.

Um loja de carros da Hyundai, por sua vez, ganhou uma foice e um martelo em spray vermelho na sua fachada.

A manifestação seguiu em direção à praça Roosevelt pela pista da esquerda da rua da Consolação – a da direita está aberta para o trânsito de veículos.

FOGO

Os manifestantes que tomaram a pista da direita da rua da Consolação na altura da rua Sergipe incendiaram sacos de lixo e pedaços de madeira. Algumas pessoas pedem ajuda para formar uma barreira e evitar a aproximação da polícia.

Não há bloqueio da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), e carros e motos e ainda circulam nas proximidades do local.

*Matéria exclusiva do Portal de Pinhal com informações do Jornal da Band e Yahoo Notícias.

Compartilhe esta notícia

Clique aqui