Connect with us

Espirito Santo do Pinhal

Espírito Santo do Pinhal recebe pela primeira vez, circuito de exposições culturais

Para agendamentos de visita em grupo ou escolas, contato pelo telefone 3651-6439

Publicado

em

© Foto Reprodução | Prefeitura de Pinhal

As exposições estão abertas para visitação no Palácio do Café, Theatro Avenida e Biblioteca Viva infanto-juvenil “Thiago H. Tonon Salvi”. Para agendamentos de visita em grupo ou escolas, contato pelo telefone 3651-6439.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

DO FUMO AO CAFÉ & DO CAFÉ AO VINHO

A exposição “Do fumo ao café & do café ao vinho” apresenta aspectos importantes da vida econômica, social e cultural do município de Espírito Santo do Pinhal, cidade fundada na metade do século XIX que se desenvolveu em torno da produção cafeeira e, no século XXI, alia a tradição da cafeicultura e intrepidez da vitivinicultura. Nosso convite é trilhar os caminhos de uma história complexa e absolutamente instigante onde o passado e o futuro se completam entre os saberes e os sabores do café e do vinho. 

A exposição conta com a Curadoria, Pesquisa, Produção e Execução da Profa. Dra. Valéria Torres.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Horário de funcionamento: Segunda à sexta das 08h as 16:30h no Palácio do Café. 

AS CINZAS DE QUARTA 

O Programa de difusão cultural do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, Pontos MIS, realiza a exposição “As cinzas de quarta” em parceria com a prefeitura de Espírito Santo do Pinhal.

As imagens feitas por Gabriel Quintão na série “As cinzas da quarta” retratam a fragilidade da felicidade do Carnaval e, sobretudo, o esforço dos foliões em sustentar algo nascido para morrer após 80 minutos de uso.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Captadas em um terreno da zona norte de São Paulo, onde as escolas de samba abandonam suas criações depois do desfile, as cenas incentivam uma comparação entre a alegria do Carnaval e a vida real das pessoas que fazem o espetáculo acontecer.

Elas também nos fazem pensar que o pós-Carnaval está mais ligado à realidade dura dos foliões do que ao próprio espetáculo em si. É quando o luxo perde o brilho e o orgulho de fazer parte da maior festa popular do país é abandonado ao ar livre.

Horário de funcionamento: Segunda à sexta das 08h às 16:30h na Biblioteca Viva e das 11h às 14h no Theatro Avenida.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Fonte e fotos Prefeitura de Pinhal.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO