Siga-nos em

São Paulo

Covid: Doria envia ofício ao Ministério da Saúde cobrando doses da Pfizer para crianças

A dose é equivalente a um terço da aplicada em adultos

Publicado

em

© Vacina Pfizer para crianças | Foto NBC12

O Governador de SP, João Doria (PSDB), enviou ofício ao Ministério da Saúde solicitando a disponibilização e liberação de doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 para uso em crianças de 5 a 11 anos de idade. O uso do imunizante nessa faixa de idade foi autorizado ontem (16) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A vacina do laboratório norte-americano está sendo usada na imunização de jovens a partir dos 12 anos. No entanto, para aplicação em crianças é necessário dosagem e rotulagem específicas. A dose para crianças é equivalente a um terço da aplicada em adultos e deve ser elaborada na medida pediátrica.

“O governo do estado tem urgência em avançar na imunização deste público, mas as doses de Pfizer disponíveis atualmente no Brasil diferem em aspectos como composição, dosagem, rotulagem, apresentação e especificações técnicas requeridas para aplicação neste público, conforme instruções do próprio fabricante”, diz a nota divulgada pelo Executivo estadual.

De acordo com o governo, em São Paulo os casos de covid-19 em menores de 9 anos representam 3% do total, e entre 10 e 19 anos, 6,6% das infecções. Até ontem (16), 2,1 milhões de jovens com idade entre 12 e 17 anos haviam sido imunizados no estado, o que representa 63% dessa população.

O Ministério da Saúde informou que analisará a decisão da Anvisa sobre o uso de vacinas da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos na Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19.

Agência Brasil

Compartilhe esta notícia

Clique aqui