Siga-nos em

Política

MG: Sessão na Câmara de Jacutinga termina em briga; veja vídeo

Publicado

em

Sessão na Câmara de Jacutinga termina em briga
© Foto Reprodução | Redes sociais

A sessão na Câmara Municipal de Jacutinga terminou em briga e agressão entre vereadores na noite desta segunda-feira (7/2). A reunião estava sendo transmitida ao vivo.

O vídeo da confusão viralizou nas redes sociais. O Portal de Pinhal teve acesso ao trecho que mostra a briga entre o vereador Guilherme Correa (PRB) e o vereador Julio Dedão (Solidariedade).

trecho da briga divulgado nas redes sociais

Motivo da discussão

O motivo da discussão foi a votação do Projeto de Lei 043, encaminhado pelo Gabinete da Presidência da Câmara. De acordo com o Projeto, autoriza o legislativo criar um cargo de Assessor de Comunicação. As informações são de A Gazeta de Jacutinga.

Tudo começou quando o vereador Guilherme disse ser contrário ao projeto e, em seu discurso, disse que a criação oneraria os cofres públicos. Quando Júlio tomou a palavra, respondeu diretamente a Guilherme, dizendo que “a prefeitura pode criar cargos já a câmara não?” questionou e continuou: “A Câmara está criando apenas um cargo e não abrindo uma vaga emprego. Agora você (Guilherme) ir até o prefeito pedir para empregar um irmão e uma cunhada pode?”, indagou o edil.

Contatado pelo jornal, o vereador Guilherme pediu desculpas. “Como representante do povo e eleito legitimamente, tenho obrigação moral e cívica de defender os interesses dos munícipes quando ameaçados. Dessa forma como noticiado, fui moralmente ofendido tendo a integridade minha e de meus familiares agredida, rasgada e expostas nos meios de comunicação por pessoa desinformada e sem qualquer conhecimento de causa”, disse o edil salientando que “todas as medidas legais e administrativas serão tomadas em momento oportuno”.

Já o vereador Júlio disse que se encontrava em viagem e que não iria se pronunciar até consultar o jurídico da Câmara.

A posição oficial da Câmara de Vereadores de Jacutinga é de que da parte da presidência, o vereador Ricardo Henrique Panizolo solicitou à Polícia Militar um Boletim de Ocorrência pelo dano ao patrimônio público.

Vou encaminhar provavelmente nas próximas 24 horas uma denúncia ao conselho de ética abordando o que aconteceu e solicitando as providências dentro do enquadramento do regimento”, disse Panizolo.

Sessão completa

Notícia atualizada em 08/02/22, com informações do jornal A Gazeta de Jacutinga.

Compartilhe esta notícia

Clique aqui