Siga-nos em

Geral

Serasa Experian e Digital House oferecem bolsas de estudo para mulheres ingressarem na área de TI

São 60 bolsas de estudos de 100% com o objetivo de aumentar a diversidade no setor de programação e dados. As inscrições começam no dia 26 de janeiro e as aulas iniciam em 8 de março, data comemorativa do Dia Internacional da Mulher

Publicado

em

© Foto Pixabay

A Serasa Experian e a Digital House, instituição educacional cuja missão é transformar a vida das pessoas com formação em disciplinas digitais, se uniram e vão oferecer 60 bolsas de estudos integrais para as mulheres que queiram iniciar suas carreiras na área de tecnologia. A iniciativa faz parte do Programa Transforme-se, da Serasa Experian, que visa desenvolver pessoas em situação de vulnerabilidade e de grupos minorizados para ingressarem no mercado de trabalho. O objetivo é aumentar o público feminino no segmento e colaborar com mais diversidade nesta área, que é ocupada predominantemente por homens. As inscrições para o curso de Programação Full Stack (Java) e Introdução de Python para Dados começam no dia 26 de janeiro e vão até 9 de fevereiro. As candidatas passarão por testes de lógica e entrevistas, conduzidas pela Digital House.

Os cursos, cujas aulas que terão início em 8 de março, data comemorativa do Dia Internacional da Mulher, são destinados exclusivamente para pessoas autodeclaradas do gênero feminino, acima de 18 anos e ensino médio completo. Com duração de 6 meses e mais de 300h de aulas técnicas e práticas, bem como mentoria de funcionários voluntários da Serasa Experian, a formação será realizada de forma remota com aulas ao vivo, três dias por semana em horário noturno. O modelo possibilitará que as alunas possam equilibrar compromissos pessoais como seus empregos, outros estudos ou cuidar das suas famílias durante a formação.

Ao longo do programa, as bolsistas poderão participar de processos seletivos e serem contratadas pela Serasa Experian. Apenas em 2021, a empresa recrutou mais de 400 pessoas para suas áreas de tecnologia e dados.

O Gerente de Responsabilidade Social, Roger Cruz, reforça a importância de priorizar grupos minorizados e conceder oportunidades para este público que em muitos casos não ganham espaço em vagas voltadas ao setor de tecnologia. “Esta é uma área conhecida por ser mais direcionada ao público masculino, por isso queremos mostrar na prática que as mulheres podem atuar em quaisquer segmentos que elas tenham mais afinidade. Além disso, estima-se que só na América Latina nos próximos 5 anos, teremos um gap de mais 1,5 milhões de profissionais de TI, ou seja, as oportunidades de carreira em tecnologia são imensas”.

“Esta é mais uma parceria da Digital House que nos deixa muito felizes, pois focar no público feminino e empoderar e impulsionar mulheres ao crescimento e independência é algo extremamente satisfatório. A luta pelos direitos e oportunidade iguais é diária. Para isso, a nossa plataforma é altamente eficiente com materiais completos e professores capacitados para oferecerem o melhor conteúdo a todas as inscritas que irão ingressar no curso”, esclarece Cristiano Santos, CGO da Digital House Brasil.

Roger Cruz reforça que “apesar de serem mais de 50% do total da população, as mulheres representam apenas 25% dos profissionais de tecnologia, por isso a importância em focar nesse público e prepará-las para as oportunidades não só na Serasa Experian, como em qualquer empresa, e firmarem-se como profissionais de sucesso”.

Para realizar a inscrição no Programa Transforme-se basta acessa o site https://www.digitalhouse.com/br/landing/transforme-se

Compartilhe esta notícia

Clique aqui