Siga-nos em

Agronegócio

31º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso revela os vencedores do setor cafeeiro do país

Os cafés de Minas Gerais são destaque e conquistam os três primeiros lugares na tradicional premiação

Publicado

em

31º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso revela os vencedores do setor cafeeiro do país
© Da esquerda para direita: Andrea Illy, Anna Illy, João Batista dos Santos (Matas de Minas), Luah Galvão, Claudio Esteves Gutierrez (Chapada de Minas), Mariana Valias Meirelles Gutierrez, Bianca de Almeida Machado, Candido de Sordi Machado (Sul de Minas), Aldir Teixeira e Alessandro Bucci. Foto divulgação.

A cerimônia de entrega do 31º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso reuniu os melhores cafeicultores do país, na noite em que foram revelados os vencedores da principal premiação do setor cafeeiro do Brasil. 

Há mais de trinta anos fomentando a produção do café de qualidade na cafeicultura brasileira, a illycaffè realizou a trigésima primeira edição do Prêmio no formato presencial, após dois anos de cerimônia virtual, e contou com as presenças do presidente da illycaffè, Andrea Illy, e da diretora de Ética Anna Illy.

Selecionados pela Comissão Julgadora do Prêmio, composta por especialistas nacionais e internacionais da illycaffè, os premiados foram escolhidos entre 40 finalistas nacionais. Durante a premiação foram revelados os três grandes vencedores da edição, que receberam diplomas e cheques no valor de R$ 10 mil cada um. São eles: Candido de Sordi Machado (Sul de Minas), Claudio Esteves Gutierrez (Chapada de Minas) e João Batista dos Santos (Matas de Minas).

Esses três vencedores vão representar o Brasil na disputa do 7º Prêmio Ernesto Illy Internacional, que será realizado em Nova York, no segundo semestre, e que reúne 27 cafeicultores selecionados de 9 países que fornecem grãos para a illycaffè, celebrando os melhores cafés do mundo. Na ocasião também será revelada a ordem de classificação entre eles (primeiro, segundo e terceiro colocados nacionais).

Foram revelados ainda os produtores vencedores nacionais Luiz Miguel Costa Rocha (Tapiratiba-SP), Marie Nakao Sasaki (Patos de Minas-MG) e Cristiane Zancanaro Simões (Cristalina-GO), que ficaram em 4ª, 5º e 6º lugar, respectivamente. Além dos ganhadores nas categorias Regional e Classificador do Ano.

O Prêmio Ernesto Illy é a mais relevante iniciativa de valorização da cafeicultura brasileira que, desde 1991, contribui para o desenvolvimento da qualidade e sustentabilidade do café no país. O concurso já reconheceu mais de 1.500 cafeicultores ao longo dos anos. Durante a premiação foram entregues mais de R$ 120 mil em prêmios.

Prêmio Ernesto Illy – Regional:

A categoria regional avalia 10 regiões e nesta edição sete regiões foram premiadas:

Cerrado Mineiro

Campeã: Marie Nakao Sasaki (Patos de Minas – MG | 5ºlugar nacional)
Vice-campeã: Catarina Takahashi Myaki (Patrocínio – MG)

Região Centro-Oeste

Campeã: Cristiane Zancanaro Simões (Cristalina – GO | 6ºlugar nacional)
Vice-campeão: Álvaro Luiz Orioli (Niquelândia – GO)

Chapada de Minas

Campeão: Claudio Esteves Gutierrez (Capelinha – MG)
Vice-campeão: CBI MADEIRAS(Capelinha – MG)

Matas de Minas

Campeão: João Batista dos Santos (Araponga – MG)
Vice-campeão: Raimundo Dimas Santana (Araponga – MG)

Sul de Minas

Campeão: Candido de Sordi Machado (Muzambinho – MG
Vice-campeão: Rodrigo de Almeida Machado(Muzambinho – MG)

São Paulo

Campeão: Luiz Miguel Costa Rocha (Tapiratiba – SP | 4ºlugar nacional)
Vice-campeão: Luiz Antonio Poli Filho (Caconde – SP)

Região Sul

Campeão: Orlando Von Der Osten (Cornélio Procópio – PR)
Vice-campeão: Luiz Roberto Saldanha Rodrigues (Jacarezinho – PR)

Prêmio Ernesto Illy – Classificador do Ano:

1º lugar nacional – Luiz Evandro Ribeiro (Sul de Minas)
2º lugar nacional – Marcos Leoncio de Araujo Alvarenga (Cerrado)
3º lugar nacional – Edenilson de Oliveira Cabral (Matas de Minas)

Sobre a illycaffè             

A illycaffè (http://illy.com.br/) é uma empresa familiar italiana, fundada em Trieste em 1933, comprometida em oferecer o melhor café do mundo. É a marca de café mais global, produzindo um único blend de café espresso 100% arábica, com grãos provenientes de 9 países fornecedores, sendo o Brasil o principal. São consumidas mais de 8 milhões de xícaras de café illy por dia, em cafeterias, restaurantes, hotéis, escritórios e residências de mais de 140 países. Como resultado de suas inovações, a illycaffè contribui para o progresso da tecnologia do café em nível global. Ao promover o primeiro Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso, no Brasil em 1991, também foi pioneira na compra direta dos fornecedores, compartilhando know-how e pagando preços acima do mercado para quem atinge seus padrões de qualidade, em parcerias alicerçadas pelos princípios do desenvolvimento sustentável. Desde 2016, com o Prêmio Internacional Ernesto Illy, a empresa homenageia os cafeicultores de todo o mundo que, segundo ela, têm produzido o melhor café sustentável. Desde 2013, a empresa está na lista das Empresas Mais Éticas do Mundo. Em 2019, reforçou o compromisso de perseguir um modelo de negócio sustentável integrando o interesse das pessoas com o meio ambiente, adotando o estatuto de Società Benefit. Em 2021, a illycaffè foi a primeira empresa italiana do setor cafeeiro a obter a certificação internacional B Corp como resultado do seu compromisso de cumprir os mais elevados padrões de desempenho social e ambiental. Com o objetivo de difundir a cultura do café, fundou a Università del Caffè, um centro educacional de excelência que oferece treinamento teórico e prático em todos os aspectos do café para cafeicultores, baristas, equipes de lojas de café e amantes da bebida. Tudo que é “made in illy” é realçado pela beleza e a arte, representando os valores fundamentais da marca, a começar pelo seu logo, como são as mais de 100 xícaras da renomada illy Art Collection, desenhadas por artistas internacionais. Em 2020, a illycaffè empregava 1.291 pessoas globalmente, quando registrou receitas consolidadas de 446,5 milhões de euros. Em 2021, a Rhône Capital tornou-se acionista da illycaffè com uma participação minoritária para apoiar a empresa em seu crescimento internacional. Há 261 lojas illy de marca única em mais de 40 países pelo mundo.

Siga o @pinhalportal no Instagram e no Google News. Participe também do WhatsApp e do Telegram.

Compartilhe esta notícia

Clique aqui