Siga-nos em

Turismo

Verão Ativo e Divertido no #DestinoTchéquia

Publicado

em

Verão Ativo e Divertido no #DestinoTchéquia
© Foto Divulgação

O verão europeu está aí, com o melhor clima para aproveitar o ar livre e tudo o que a natureza oferece. Conheça a República Tcheca de uma forma diferente e encontre o caminho que mais te faça vibrar em suas belezas naturais.

1. Descubra o destino de bicicleta.

Ciclovia de Bečva: a melhor ciclovia da Morávia

O rio Bečva atravessa a parte oriental da República Tcheca. O rio nasce na serra de Beskydy e depois de cerca de 160 km, nas terras baixas, junta-se ao rio Morava. Esta ciclovia praticamente copia o curso do rio. A trilha começa na paisagem verde e montanhosa da Região Protegida de Beskydy e, juntamente com a corrente do rio, desce em direção às planícies. É um caminho muito apropriado para famílias com crianças, já que o caminho desce o tempo todo. Além da bela paisagem das montanhas Beskydy, permite a visita a um dos maiores e mais antigos museus ao ar livre da Europa. Está localizado em Rožnov pod Radhoštěm e possui mais de uma centena de objetos protegidos de arquitetura popular que aparecem na área circundante. Também há a cidade termal Teplice nad Bečvou, na qual se pode fazer uma parada e recarregar o corpo de minerais na forma de água mineral que brota naquela região. No final do caminho, muito perto da cidade termal, estão as cavernas de aragonita Zbrašovské aragonitové jeskyně.

České středohoří (Terras Altas da Boêmia Central): a região dos vulcões extintos

České středohoří, as montanhas da Boêmia Central, estendem-se pelo centro da Boêmia, ao norte de Praga. A área é composta por centenas de colinas que datam de milhões de anos. O rio Elba serpenteia pelo centro desta serra. A ciclovia local tem quase 100 km de extensão, começando no sopé da montanha Říp e terminando perto da fronteira alemã. No rio existem muitas pontes, você também é possível usar barcos coletivos. Na cidade de Děčín há um palácio que fica bem acima do rio, e no caminho é possível visitar a cidade histórica de Litoměřice.

Boêmia do Sul: cicloturismo com ótima infraestrutura

No sul da Boêmia se encontra a rede mais densa de ciclovias de toda a República Tcheca e, ao mesmo tempo, em um terreno não muito montanhoso. É uma região repleta de barragens, aldeias pitorescas e cidades antigas. Na Boêmia do Sul é possível visitar dezenas de palácios; por exemplo, o romântico palácio de Červená Lhota, Hluboká ou o palácio de Český Krumlov, que está inscrito na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. 

A coroa do planalto de Vysočina através da pitoresca paisagem intocada

A região de Vysočina – a região entre a Boêmia e a Morávia – oferece quase 2.500 km de ciclovias. Esta região é rica em prados florescentes e monumentos esplêndidos. A ciclovia entre Žďár nad Sázavou e Přibyslav é muito popular. A trilha é construída no local da antiga linha férrea que já foi desativada. A riqueza cultural do planalto de Vysočina está ao alcance dos ciclistas: um dos monumentos da UNESCO – a espetacular igreja de São João Nepomuceno em Zelená hora, obra do arquiteto Santini, o castelo Pernštejn ou a área do mosteiro e palácio em Žďár nad Sázavou com o exclusivo Museu da Nova Geração.

2. Golfe com paisagem única.

Um campo de golfe perfeitamente desenhado, instalações de primeira qualidade, um restaurante, uma loja especializada e no horizonte, a silhueta imponente da Montanha Ještěd, com o hotel de renome mundial no topo. Este é o Ypsilon Golf Resort Liberec. Um campo de 18 buracos em estilo inglês espera por você aqui, com um comprimento total de mais de 6.000 metros com um par 72. Como o terreno é atraentemente ondulado e fragmentado, e longe da bagunça da civilização, é possível desfrutar de uma partida sem ser perturbado.

Golfe em alta na Boêmia

O campo de golfe Mladé Buky, localizado no coração das montanhas Krkonoše, oferece uma das mais belas vistas do país. Possui um campo de golfe de 18 buracos da mais alta qualidade, bem como um campo de 6 buracos com greens de prática com chipping e putting e um driving range, incluindo instalações e iluminação.

O campo de golfe Mladé Buky foi concebido para aproveitar ao máximo a sua localização geográfica e proporcionar um jogo atraente, oferecendo ao jogador as mais belas vistas do pico mais alto da República Tcheca, Sněžka, da montanha Černá hora e das belas colinas de Vraní vrchy. Após um agradável dia passado no campo de golfe, pode-se usufruir dos serviços do elegante hotel vizinho, com um restaurante vintage, e diversos programas de bem-estar.

3. Caminhadas únicas

O caminho pelo rio Vydra

O vale romântico do rio Vydra é um dos lugares mais bonitos de Šumava. O riacho tranquilo se transforma em um desfiladeiro estrondoso com muitas pedras de granito, além de ondas e saltos. O rio recebeu o nome do animal – a lontra – que adora águas limpas. A rilha vai de Antýgl e, siguindo as indicações turísticas, chega-se em Čeňkova vodní pila, um monumento técnico. De lá se avista um leito selvagem de grandes pedras formadas pela erosão. É um terreno fácil, acessível também para caminhadas com carrinho ou cadeira de rodas.

Paraíso boêmio

Uma harmonia única de cidades rochosas bizarras, florestas de pinheiros profundos, majestosos castelos e palácios. Vistas infinitas, trilhas para caminhadas e ciclovias através de interiores românticos de arenito. Os visitantes seguem os passos do Comandante Alberto de Wallenstein e chegam ao Palácio Hrubá Skála e de lá pelo Caminho Dourado do Paraíso Boêmio até o Castelo Trosky.

Hrubá skála tour

Este passeio começa e termina junto ao Palácio Hrubá Skála, que se ergue sobre duas rochas de arenito. Tomando uma agradável estrada florestal, segue-se até o mirante chamado Adamovo lože, (Cama de Adão), em direção ao Castelo Wallenstein. Uma vista panorâmica do palácio Hrubá Skála é oferecida a partir do mirante Mariánská vyhlídka, de onde se pode ver, se o tempo estiver favorável, até inconfundível mirante Ještěd nas montanhas Jizerské hory. O próprio Wallenstein, que foi construído pelos ancestrais dos senhores de Wallenstein, é o castelo mais antigo do paraíso boêmio. Para retornar, basta seguir pelo Caminho Dourado do Paraíso Boêmio que leva de volta ao palácio, passando primeiro pelo mirante da rocha U Lvíčka, e ao longo do arboreto Bukovina, que abriga muitas árvores únicas, para então retornar ao Palácio Hrubá Skála.

Um ótimo passeio pelas rochas Prachovské skály

A grande rota começa ao lado da pousada Turistická chata. Superando uma escadaria de pedra esculpida na rocha,sobe-se  ao mirante Pechova vyhlídka, de onde terá uma vista única do Zelená rokle, o Barranco Verde. Através de um labirinto de maciços rochosos caprichosos, desce-se ao longo de Šikmá věž, a Torre Inclinada, até o local chamado Fortna. CA subida continua  pelo interior das rochas até chegar ao mirante de Vyhlídka míru, o Mirante da Paz, de onde nos é oferecida uma vista magnífica dos topos das rochas que margeiam a ravina Císařská chodba, ou Corredor Imperial, juntamente com as rochas Drážďanská věž, (torre de Dresden), e Americká věž, (torre da American). Continuação ao longo do cume até o mirante Hlaholská vyhlídka. A partir daí, o grand tour segue por caminhos curvos que descem em espiral entre os gigantes rochosos com subidas e descidas até os mirantes Rumcajsova e Hakenova vyhlídka. Continuação pela espiral até os mirantes Všetečkova e Šlikova vyhlídka. Depois, basta descer em direção à foz da ravina Císařská chodba e retornar ao albergue Turistická chata

As rochas Adršpach-Teplice

As românticas cidades de pedra entretêm e encantam com sua beleza. As rochas Adršpach-Teplice estão entre as formações rochosas mais visitadas da República Tcheca. É possível percorrer desfiladeiros rochosos, descobrindo as formas das rochas, ou seguir pelas águas navegando em um barco que passa próximos às rochas.

As rochas Adršpach-Teplice estão localizadas no triângulo entre as aldeias de Teplice nad Metují e Adršpach e a colina Čáp, que se eleva acima da aldeia de Skály e, no passada distante, eram parte do fundo do mar. Após o desaparecimento do mar Cretáceo, dois grupos únicos de cidades rochosas foram criados neste lugar que são separados pelo barranco Vlčí rokle, ou Barranco do Lobo.

O caminho turístico ziguezagueia entre fantásticas formações rochosas que levam nomes apropriados: Starosta, (prefeito), Starostová, (prefeita), Orlí hnízdo, (Ninho da Águia), Zub, Dente ou Čertův most, (Ponte do Diabo). Durante a visita é possível descansar junto ao Salto Grande. Acima das cachoeiras há um pequeno reservatório por onde se pode navegar em barcos. O circuito termina na formação chamada Skalní ozvěna, (Eco da Rocha), local onde o eco é muito forte. As pessoas sabiam disso desde 1783, quando buzinas foram sopradas e morteiros foram disparados para entreter os turistas. O som dos tiros foi refletido sete vezes na parede da colina Křížový vrch.

Luiz Fernando Destro
[email protected]
Visite www.destinotchequia.com para mais histórias, dicas, recomendações e surpresas.
www.visitczechrepublic.com

Compartilhe esta notícia

Clique aqui