Connect with us

Loterias

Mega da Virada: 8 em cada 10 brasileiros pretendem apostar na loteria

Ecglobal ouviu cerca 500 pessoas para apontar tendências e pretensões os jogos

Publicado

em

Mega da Virada - apostas começam nesta segunda-feira, com o maior prêmio da história do concurso
© sidneydealmeida | Depositphotos

À medida que a noite de 31 de dezembro se aproxima, o mundo se prepara para uma celebração global, repleta de metas e desejos para um ano repleto de conquistas e mudanças. No entanto, para os sortudos que arriscarem uma aposta na Mega Sena da Virada, que terá o maior prêmio da história do concurso, no valor de R$ 103.738.178,31, o ano de 2024 poderá começar com uma reviravolta extraordinária.

Com o intuito de explorar a relação dos consumidores com a loteria, a Ecglobal, empresa pertencente à Haus, ecossistema de marketing do Grupo Stefanini, realizou uma pesquisa quantitativa através de questionário estruturado online envolvendo aproximadamente 500 participantes. Os resultados revelam que oito em cada dez entrevistados têm a intenção de tentar a sorte e começar o ano como milionários.

Publicidade

Entre os participantes, 59% confirmaram suas intenções de realizar apostas, enquanto outros 24% expressaram que consideram a possibilidade. No que diz respeito aos formatos de jogo, 44% optarão por jogos individuais, 14% participarão de bolões e 38% planejam combinar ambas as estratégias. A maioria (55%) planeja investir até R$ 50 em seus jogos, enquanto 7% demonstram disposição para aplicar valores mais substanciais, chegando a até R$ 200 na Mega Sena.

O estudo também observou que a loteria faz parte do cotidiano dos entrevistados. Cerca de 90% possuem alguma experiência prévia de aposta na Mega Sena, sendo que 22% fazem apostas semanalmente, enquanto 17% escolhem participar anualmente.

Estratégias

A pesquisa revelou que 66% dos entrevistados mantêm, consistentemente, alguns números ao longo dos anos, enquanto impressionantes 27% repetem todos os números em suas escolhas. Este padrão sugere fidelidade a números específicos, seja por razões supersticiosas, significado pessoal ou outras motivações emocionais.

Publicidade

Ao analisar as preferências numéricas, observa-se uma diversidade de abordagens. A intuição se destaca como a principal influência, citada por 47% dos participantes. Datas importantes também desempenham um papel significativo, com 36% dos entrevistados escolhendo números associados a momentos especiais em suas vidas. Outras estratégias incluem a adoção de números da sorte (26%), interpretação de sonhos relacionados a números (14%), consideração de tendências ou previsões (14%), e a atenção especial a números encontrados no ambiente (14%).

Aplicação do prêmio

Para 28% dos participantes, a Mega Sena é uma oportunidade para realizar seus sonhos, transformando-se em uma plataforma para concretizar aspirações pessoais. De acordo com a pesquisa, 40% dos entrevistados destacam a intenção de investir o prêmio na estabilidade financeira a longo prazo. Por outro lado, 13% dos participantes revelaram uma abordagem mais imediata, direcionando o prêmio para quitar dívidas existentes, adquirir bens de alto valor ou realizar sonhos pessoais, como viagens.

Publicidade

Entre as marcas que devem ser consumidas após a obtenção do prêmio, as mais citadas foram do setor automotivo – BMW, Ferrari e Mercedes – e de roupas e assessórios como Chanel, Prada, Dior e Gucci, que demonstram a inclinação por mudanças no perfil de consumo, aderindo às marcas de luxo.

“A Mega da Virada transcende os meros elementos de sorte, destacando-se como uma oportunidade singular para catalisar mudanças impactantes na vida daqueles que são agraciados. Os dados revelam não apenas as aspirações individuais dos participantes diante da perspectiva de vitória na Mega da Virada, mas também oferecem insights preciosos sobre as prioridades financeiras e valores que moldariam as escolhas dos potenciais ganhadores. Essas informações podem ser cruciais para compreender o comportamento dos jogadores e ajustar estratégias de marketing ou comunicação, visando atender de maneira mais eficaz às diversas preferências do público, além de interagir em uma ação que está presente no dia a dia de muitos deles.”, conclui Adriana Rocha, Co-CEO e fundadora de Ecglobal.

Publicidade

Sobre a Ecglobal

A Ecglobal é uma empresa brasileira que integra o Ecossistema Haus do Grupo Stefanini, com operações no exterior – países da América Latina e Estados Unidos. Há quase duas décadas, estudando o comportamento do consumidor, e criando relacionamentos de valor entre pessoas e marcas. Auxilia as marcas por meio de comunidades e insights, promovendo a fidelização e a construção de relacionamentos duradouros com seus consumidores.

Publicidade

Sobre a Haus

A Haus é plataforma de marketing do Grupo Stefanini formado pelas seguintes empresas: Gauge, W3haus, Brooke, Inspiring e Ecglobal. Atua focada em ajudar as marcas a se relacionarem melhor com os consumidores e a aumentarem suas receitas.

Publicidade

Sobre a Stefanini

A Stefanini é um grupo global de origem brasileira com 36 anos de atuação no mercado de tecnologia, com foco em auxiliar os clientes no processo de transformação digital em seus negócios. Com o propósito de “Cocriar soluções para um futuro melhor”, o grupo vem sendo reconhecido em várias premiações pelo seu DNA inovador e impacto em resultados. Atua nas seguintes frentes: Consultoria (Tecnologia e Business Agility), Analytics & IA, Banking & Payments, Cibersegurança, Manufatura (Indústria 4.0) e Marketing Digital. Presente em 41 países e com 37 mil funcionários, a Stefanini é apontada como empresa brasileira que mais cria valor internacional, segundo Ranking da Fundação Dom Cabral (FDC).

Publicidade

Publicidade

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.

Publicidade