Siga-nos em

Eventos

Escrita a todo vapor

Professora e escritora baiana Palmira Heine lança dois novos livros infantis

Publicado

em

© Palmira Heine | Credito Paula Andreia Silva

Quem disse que livro infantil é mero conto de fadas? As estórias que estão sendo escritas por uma leva de autoras baianas que se dedicam à literatura infantil vão muito além do mundo da fantasia. Nascem de questionamentos e reflexões do cotidiano que fazem as crianças pensarem, desde muito cedo, sobre temas profundos, capazes de transformar os leitores em sujeitos ativos, capazes de enxergar o mundo com olhos críticos. É com essa proposta que a escritora baiana Palmira Heine lança, agora em fevereiro, mais dois livros destinados ao público mirim. A Pergunta do Tempo e A Borboletinha que não quis mais ficar na cozinha chegam ao mercado literário pela Editora InVerso. 

Os temas socioemocionais nas entrelinhas das obras assinadas por Palmira Heine – autoconhecimento, quebra de estereótipos, representatividade e protagonismo feminino, só para listar alguns – divertem e ensinam. Ajudam a desenvolver a imaginação, o respeito e aprimorar novas falas, escritas e valores. Quando as crianças leem ou ouvem estórias, respeitando os limites e a maturidade de cada uma, bem como seus gostos e desejos, passam a visualizar de forma mais clara sentimentos que têm em relação ao mundo. ”As minhas obras trazem diversos  temas que, muitas vezes, a gente pensa que as crianças não são capazes de entender, mas que perpassam o cotidiano delas também, como a questão da autoestima, do medo”, destaca Heine. 

A pergunta do tempo – Capa

A pergunta do Tempo nasceu de uma reflexão da autora sobre a correria que nos faz sentir a vida esvaindo entre os dedos. Com ilustrações assinadas por Vanessa Martinelli, a narrativa foi representada de uma forma poética. “O tempo é também uma inquietação para as crianças. Apesar de nem sempre elas saberem como expressar, passam pela dor do crescimento, de viver as mudanças das fases do desenvolvimento. Algumas querem ser adultas rápido demais, outras insistem em continuar sendo crianças. Cada um de nós vive o tempo de uma forma diferente”.

Já o livro A Borboletinha que não quis mais ficar na cozinha integra a série Feminino Fabuloso, da Editora InVerso. “Não que o lugar da cozinha deprecie ninguém, mas a obra é uma metáfora de que a mulher pode e deve ocupar outros espaços, desbravar outros universos para realizar seus objetivos”, explica Heine. As ilustrações de Gal Silva deram vida à uma borboletinha personificada, com uma imagem bem feminina e não apenas vinculada a um inseto. 

A borboletinha não quis mais ficar na cozinha – Capa

“O livro é sobre a importância de buscar seus ideiais, projetos e sonhos. Tem a ver com superação, com o enfrentamento de medos e bloqueios. E as crianças – podem não saber expressar de forma clara – mas estão lidando com essas contradições e desafios também”. Desde menina, Palmira Heine queria ser professora. Gostava de criar estórias. E sonhava que, um dia, sua escrita pudesse ganhar o mundo. A autora baiana já coleciona 16 livros infantis. Cinco deles foram produzidos durante a pandemia. “Meu sonho é que minha obra possa voar alto e longe”.

O lançamento duplo acontece neste sábado, 12 de fevereiro, às 11 da manhã, em formato de live por conta do avanço da nova variante do Coronavírus. Interessados em conhecer as novas obras literárias de Palmira Heine podem acompanhar o evento pelo Youtube da Editora Inverso. “Ano passado, voltamos a ter alguns eventos presenciais, mas tivemos que voltar para os encontros apenas online. Foi bom ganharmos intimidade com a tecnologia para fazer com que a literatura alcance mais pessoas”. 

Um único livro é capaz de tocar individualmente cada leitor, ajudando-o a elaborar processos internos, ampliar sua visão de mundo e encontrar um caminho mais fácil para se tornar um indivíduo mais crítico e atuante na sociedade. “A leitura amplia nossas fronteiras para a vida”, conclui. 

Sobre a autora: 

Palmira Heine – Credito Dominique Meirelles

Nascida em Salvador, Palmira Heine é escritora, poeta e professora universitária. Mãe de dois filhos, suas grandes fontes de inspiração. Além da vasta obra acadêmica, ela assina dezesseis livros infantis. São algumas de suas obras: Mila, a pequena sementinha, O pontinho desapontado, O reino todo amarelo, O autor é você, Amendoim, a tartaruguinha encantada, O lápis mágico, Uma amizade no mundo dos números e A dieta maluca das letras, O Sonho Azul, Rã Zinza. Com textos, poemas e contos publicados em diversas antologias nacionais e internacionais, é também organizadora de publicações de outras autoras. 

Serviço:

O quê? Livros A Pergunta do Tempo (com ilustração de Vanessa Martinelli) e A Borboletinha que não quis mais ficar na cozinha (ilustrado por Gal Silva)
Quem? Autora Palmira Heine 
Quando? Lançamento dia 12 de fevereiro de 2022, sábado, às 11h
Onde? No Facebook (www.facebook.com/editorainverso) e Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=9qPGu_4QZpc) da Editora Inverso 
Como? Evento gratuito
Quanto? Os livros podem ser adquiridos por R$ XX,00 no site da editora (www.editorainverso.com.br) ou da autora (www.palmiraheine.com.br)

Compartilhe esta notícia

Clique aqui