Siga-nos em

Justiça

Promotoria de Justiça de Espírito Santo do Pinhal ganha sede própria

Espaço é mais para a população que para promotores, diz PGJ

Publicado

em

© Foto Divulgação | MPSP

A Promotoria de Espírito Santo do Pinhal ganhou sua sede própria. Na manhã desta quinta-feira (3/2), o procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, entregou oficialmente para a população local o prédio do MPSP na cidade, bem em frente ao fórum. “Essa casa é nova. Essa casa é da população. Essa é a casa da cidadania”, pontuou o PGJ, que visitou o município na companhia do membro do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça, José Carlos Cosenzo, do secretário-executivo da PGJ, Fernando Pereira, do diretor-geral do MPSP, Michel Romano, e do assessor da PGJ Ernani Vilhena Júnior.

“Eu agradeço de coração a presença de tantos parceiros de jornada do Ministério Público”, disse Sarrubbo às autoridades civis e militares, saudando a prefeita de Espírito Santo do Pinhal, Cristina Domingues, o presidente da Câmara Municipal, Antônio Arquideu Zibordi Filho, a juíza Juliana Finati, a presidente local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Maria Cristina Squilace Bertuchi, o comandante do 24º Batalhão da Polícia Militar no Interior, tenente-coronel Fernando Carmello Silva, e o delegado titular da cidade, Guilherme Risso Teodoro, que integraram o dispositivo de honra ao lado dos promotores de Justiça Fausto Panicacci e Rodrigo Cambiaghi Lourenço, que atuam na comarca.

No seu pronunciamento, Sarrubbo fez uma digressão histórica, mostrando como a instituição se transformou depois da promulgação da Constituição de 1988. Por conta das novas atribuições no campo dos direitos sociais e da consequente ampliação do quadro de servidores para dar suporte aos promotores, o MPSP vem se movimentando para deixar os fóruns. “Nosso projeto é trazer um espaço próprio para cada Promotoria do Estado de S. Paulo”, afirmou. “E esse aqui é um espaço muito mais desenhado para a população do que para os promotores”, disse o PGJ.

Na sua saudação, Panicacci classificou a sede como “uma conquista”. Em uma deferência especial ao promotor Raul Ribeiro Sóra compartilhada por Sarrubbo, ele lembrou que o colega hoje em S. José do Rio Pardo, empenhou-se enormemente, em sua passagem por Espírito Santo do Pinhal, para que o sonho concretizado nesta quinta fosse alcançado. De acordo com Panicacci, as novas instalações melhoram as condições de trabalho dos integrantes do MPSP, mas impactam ainda mais na qualidade do serviço prestado à população.

“É um prazer ver alguns colegas que não via há muitos anos”, declarou. “É uma honra o Poder Judiciário poder compartilhar com o Ministério Público e com a cidade tão importante momento”, afirmou a juíza, dirigindo-se aos promotores de Justiça Marcos Rioli (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), Nelson de Barros O’Reilly Filho (S. João da Boa Vista), Nayane Cioffi Batagini (S. João da Boa Vista) e Alfredo Rossatti (Casa Branca), que prestigiaram a cerimônia, bem como a analista jurídica Gabriela Furlan Embrizi e a oficial de Promotoria Fernanda Souza Lima Dainezi.

Osvaldo Moreira (ex-prefeito da cidade), Sérgio del Bianchi Júnior (também ex-prefeito), Luis Gustavo Gotardo (subcomandante do 24º Batalhão da PM do Interior) e a advogada Ana Tereza de Castro Leite também estiveram presentes.

Fonte: MPSP

Compartilhe esta notícia

Clique aqui