Siga-nos em

Geral

Você sabe o que significam as luzes do painel do seu carro?

Publicado

em

Você sabe o que significam as luzes do painel do seu carro
© Foto Divulgação | Renovias

Já parou para pensar sobre o que significa cada luz no painel do seu carro? Aquele que, na maioria dos veículos, fica atrás do volante e traz informações como: a marcação do velocímetro, a temperatura do motor ou o nível de combustível do seu veículo.

Você sabia que além dessas funções ele também te ajuda com outros alertas? Isso é muito importante para garantir a sua segurança ao trafegar em vias urbanas ou nas rodovias, evitando uma parada indesejada no meio do caminho.

Em caso de pane elétrica, a Renovias auxilia os usuários na malha viária da concessionária – basta ligar para o telefone de emergência 0800 055 9696.

Veja o que cada luz significa e como agir quando cada uma delas acender

Primeiramente, os símbolos do painel quando se acendem são representados por cores, alguns amarelos, outros vermelhos, verde e até azul. As cores servem para indicar o nível de perigo, ou seja, se é um problema muito grave ou não.

A luz amarela pode significar um alerta não tão grave, mas requer uma maior atenção, podendo ser necessário uma visita até a oficina. Já a luz vermelha, é necessária uma atenção maior, a fim de evitar danos maiores. Além dessas duas cores, temos a verde e azul, indicando algum equipamento do carro ligado, como lanternas ou faróis altos.

Veja a seguir o que cada ícone aceso significa:

Atualmente, essa luz acesa é o terror dos brasileiros, já que é o indicativo de que é preciso ir ao posto abastecer, pois o combustível está acabando. Mas preste atenção: essa mesma luz também se acende quando existe necessidade de abastecer o tanquinho de partida a freio para alguns modelos de carro. 

Quando a luz de alerta dos freios ABS se acende no painel, isso não significa que o carro perdeu os freios. O sistema de frenagem comum continua funcionando. Entretanto, o sistema ABS, que garante mais eficácia e segurança para os equipamentos, deixa de funcionar. Isso aumenta a chance de derrapagens, perda de controle do veículo e, consequentemente, de acidentes. 

A luz da bateria, ao contrário do que se pode pensar, não indica, necessariamente, um defeito na bateria do carro. Ela alerta para o mau funcionamento do sistema elétrico. Ele inclui bateria, alternador, correia, fios e outros. Se a luz da bateria acendeu, é sinal de que o carro pode não ligar da próxima vez. Por isso, vá à oficina para descobrir o que está havendo.

A luz do câmbio automático indica defeito no sistema ou baixo nível do óleo do câmbio nos carros que exigem a troca do fluido. Se acender, evite andar com o veículo, pois pode levar a defeito mais grave. Neste caso, procure uma oficina.

Quando essa luz do painel aparecer, o sistema do veículo estará indicando que um dos ocupantes do veículo não colocou o cinto de segurança. Se o motorista não utilizar o equipamento, ela não se apagará. Em alguns carros, sensores nos bancos também podem detectar a presença de passageiros sem o cinto e ser acompanhada por um aviso sonoro constante, até que o cinto seja afivelado. Se não se apagar, mesmo com os ocupantes de cinto, isso pode indicar problema nos sensores do equipamento ou dos bancos.

Indica que o desembaçador traseiro foi acionado. Pode aparecer no painel de instrumentos, atrás do volante, ou sobre o próprio botão do desembaçador.

Essa luz pode se acender assim que você der a partida no veículo, mas em alguns instantes, deve se apagar. Caso ela permaneça acesa, fique atento, porque você pode ter um problema no sistema de direção do carro. Com a direção afetada, você pode não ter a resposta que precisa do veículo em uma situação de urgência, então leve o carro ao mecânico o quanto antes.

Para entender o significado da luz do ESC, é preciso saber qual é o sistema do carro em questão. Ela está relacionada ao Controle Eletrônico de Estabilidade, presente em alguns modelos, que serve para controlar o carro em manobras bruscas e ajudar em terrenos com pouco atrito, como em uma estrada de terra. Ele evita que as rodas derrapem e faça o carro perder a tração. Em alguns casos, quando essa luz se acende, indica que o sistema foi ativado naquele momento, mas ela deve apagar logo em seguida. Caso ela fique acesa, significa que tem alguma falha no sistema e ele irá se desligar.

A luz do freio indica que o freio de mão está acionado. Se ela estiver acesa com o freio desativado, indica mau funcionamento do sistema ou desgaste de componentes. Nesse caso, ela pode se acender amarela, sinal de que está na hora de uma manutenção. Se aparecer vermelha com o freio desativado, evite utilizar o veículo antes de corrigir a falha.

A luz do imobilizador acende no painel quando se dá partida no carro e deve se apagar logo depois. Caso contrário, indica que a chave codificada e/ou o receptor não estão funcionando corretamente. Pode haver dificuldade para ligar o veículo.

Essa é a luz responsável por indicar ao motorista como está o sistema de injeção do carro. Ela deve acender quando giramos a chave e apagar logo após darmos a partida, se isso não acontecer, desligue o carro e repita o processo. Caso ela insista em ficar acesa ou acender enquanto estiver andando com o carro, leve o carro a uma oficina de confiança para ver o que está acontecendo.

A luz do óleo é uma das mais perigosas luzes do painel do carro. Ela indica falhas no sistema de lubrificação do motor. Se o motor funcionar sem ser lubrificado, ele vai fundir. Por isso, leve o carro até uma oficina quando este aviso aparecer no painel.

Indica que uma ou mais portas do carro estão abertas ou mal fechadas. Se elas forem checadas e a luz de advertência não se apagar, pode ser uma falha no sensor ou na trava das portas.

Alguns carros possuem um sistema eletrônico de monitoramento da pressão dos pneus. Nesses casos, quando a calibragem de um ou mais pneus se desregula, a luz do TPMS se acende no painel.

Essa luz costuma ser instalada em veículos que não têm o ponteiro de temperatura tradicional, embora possa aparecer nestes também. Assim, ao invés de o motorista acompanhar as alterações, ele é apenas alertado de que a temperatura do motor chegou a um ponto crítico.

Entre as luzes do painel, diversas indicam o funcionamento dos faróis, e elas podem ter cores variadas. Ao acionar as luzes dianteiras, o motorista começa com a luz de posição, também conhecida como farolete ou lanterna. Na sequência, a iluminação passa para o farol baixo, exigido nas rodovias. A luz de farol alto, na cor azul, indica que a luz mais forte de todas está acionada. As luzes indicadoras de direção mostram o acionamento das setas.

Estes símbolos indicam o acionamento dos faróis de neblina ou de milha, e das luzes de rodagem diurna, presentes em alguns modelos.

O pisca-alerta é indicado por um triângulo vermelho. Geralmente, ele aparece no próprio botão de ativação do recurso, mas também pode estar no painel de instrumentos de alguns carros. O símbolo indica que a sinalização de emergência do veículo está ativada.

O Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) está disponível 24 horas por dia aos clientes da Renovias. Para acioná-lo, basta ligar para o número 0800 055 9696 ou usar um dos telefones de emergência, implantados a cada quilômetro. Condições antecipadas do tráfego e dicas de segurança podem ser obtidas pelo site www.renovias.com.br.

A malha viária da Renovias faz a interligação entre Campinas, Circuito das Águas e sul de Minas Gerais através das Rodovias SP-340 (Campinas/Mococa), SP-342 (Mogi Guaçu/Águas da Prata), SP-344 (Aguaí/Vargem Grande do Sul), SP-350 (Casa Branca/São José do Rio Pardo) e SP-215 (Vargem Grande do Sul/Casa Branca), com extensão de 345,6 quilômetros.

Siga o @pinhalportal no Instagram e no Google News. Participe também do WhatsApp e do Telegram.

Compartilhe esta notícia

Clique aqui