Connect with us

Espírito Santo do Pinhal

Postos de vacinação de Espírito Santo do Pinhal, Valinhos, Itatiba e Morungaba receberão freezers da CPFL Paulista

Publicado

em

Geladeiras comuns darão lugar a freezers científicos em 170 pontos de vacinação de cidades de São Paulo e do Rio Grande do Sul nos próximos meses. A partir da próxima segunda-feira, 15, Valinhos, Itatiba, Morungaba e Espírito Santo do Pinhal, no interior de São Paulo, receberão sete novos equipamentos para a devida conservação de vacinas.

De acordo com levantamento do movimento Unidos pela Vacina e do Locomotiva Instituto de Pesquisa, divulgado em 2021, cerca de 40% dos municípios brasileiros não possuem geladeiras adequadas em seus postos de saúde para o armazenamento de vacinas, incluindo a da Covid-19. 

“Estamos definindo os pontos que receberão os freezers em parceria com as prefeituras mas partimos de um levantamento prévio de necessidades feito internamente. Para a CPFL Paulista, é uma satisfação poder contribuir com estes pontos de vacinação doando um freezer para o armazenamento dos imunizantes”, explica Juliano Campos, consultor de relacionamento da CPFL Paulista.

Diferenciais. O freezer científico é mais eficiente para acondicionar vacinas, tanto da Covid-19 como de outras doenças. Ele possui, por exemplo, um sistema de alerta para o caso de eventual falta de energia e sistema de alarme visual sobre a temperatura máxima e mínima ou porta aberta. 

A execução ocorrerá em etapas, que envolve o transporte do freezer até o local, a instalação e o devido treinamento sobre a operação. O projeto tem investimento de R$ 3 milhões e faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE) da CPFL, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). 

“Esta é mais uma importante ação da CPFL na área de saúde, dando sequência ao nosso Programa CPFL nos Hospitais. A substituição de geladeiras comuns por freezers científicos foi uma necessidade verificada sobretudo a partir do início da vacinação contra a Covid-19, no ano passado. Temos certeza de que os novos equipamentos serão muito úteis aos pontos de vacinação e reduzirão eventuais perdas, além de ajudar na economia de energia para os locais beneficiados”, comenta Renato Povia, diretor de Estratégia e Inovação da CPFL Energia.

Sobre a CPFL Energia. A CPFL Energia, há 109 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e serviços. Desde 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Focada em uma forma mais sustentável de produzir energia, tem na CPFL Renováveis uma das maiores empresas de geração da América Latina a partir de fontes alternativas, com um portfólio baseado em fontes limpas como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Em geração, é a terceira maior agente privada do País, com capacidade instalada de 4.303 MW. 

Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 10 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Siga o @portaldepinhal no Instagram e no Google News. Participe também do WhatsApp e do Telegram.

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.

Publicidade