Siga-nos em

Geral

Veja imagens do meteoro explosivo que iluminou a madrugada em SP e MG

Publicado

em

© Reprodução | Redes Sociais | Créditos no final

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o clarão que iluminou o céu na madrugada desta quarta-feira (3) foi resultado da explosão de um meteoro. O fenômeno foi visto em várias cidades de SP e MG (veja imagens no final da matéria).

Em entrevista ao g1, José Willians Vilas Boas, da divisão de astrofísica do Inpe, disse que as imagens mostram um meteoro em uma distância menor que a comum da Terra.

“Eles caem na atmosfera e quando chega a 100 quilômetros de distância, por causa da atmosfera terrestre, entram em atrito. Isso unido à velocidade faz com que queimem. Em geral, elas são destruídas a 80 quilômetros de distância da superfície da Terra. O que vimos foi o caso de uma pedra maior, que levou mais tempo para se desfazer e por isso chegou a uma distância menor da Terra. Quando ela se aproximou, o atrito aumentou e explodiu em chamas. Essa explosão é o clarão que vemos nas imagens”, explica José.

Imagem do meteoro feita pelo Laboratório Nacional de Astrofísica — Foto: Divulgação | Reprodução G1.

De acordo com levantamento do Portal de Pinhal, o clarão foi registrado em: Aguaí (SP), Águas da Prata (SP), Espírito Santo do Pinhal (SP), Hortolândia (SP), Rio Claro (SP), Amparo (SP), Pedreira (SP), Campinas (SP), Sorocaba (SP), São José dos Campos (SP), São Paulo (SP), Bragança Paulista (SP), Guaratinguetá (SP), São João da Boa Vista (SP), Andradas (MG) e Poços de Caldas (MG).

Imagens do meteoro

São João da Boa Vista (SP)

Crédito: Redes Sociais – Reprodução G1

Sorocaba (SP)

Crédito: Mauro Centurion, do Projeto Centauri – Reprodução G1

Sorocaba (SP)

Crédito: Juliano de Proença Soares – Reprodução G1

Pedreira (SP)

Crédito: Redes Sociais – Reprodução G1

Rio Claro (SP)

Crédito: Nadia Matana – Reprodução G1

Hortolândia (SP)

Crédito: Caio Rigamont – Reprodução G1

Amparo (SP)

Crédito: Redes Sociais | Reprodução G1

Aguaí (SP)

Crédito: Reginaldo Mendes Monteiro | Reprodução G1

São Paulo (SP)

Crédito: Sergio Mazzi, presidente da Bramom, associação de astrônomos amadores – Reprodução G1

Siga o @portaldepinhal no Instagram e no Google News. Participe também do WhatsApp e do Telegram.

Compartilhe esta notícia

Clique aqui