Connect with us

Política

TRE-SP determina retirada de postagem de Rodrigo Garcia contra Tarcísio de Freitas no Twitter por disseminar fake news

Publicado

em

O Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo determinou a remoção de um conteúdo inverídico e descontextualizado publicado pelo candidato Rodrigo Garcia no Twitter. A postagem, segundo a juíza auxiliar da propaganda eleitoral Maria Claudia Bedotti, se refere a conteúdo mentiroso contra Tarcísio de Freitas, candidato pelo Republicanos ao governo de São Paulo.

Publicidade

Rodrigo Garcia publicou o material inverídico no dia 19 de setembro, em sua conta no Twitter. Segundo a juíza, “os elementos que instruem o pedido comprovam que a postagem impugnada veicula uma fala do candidato representante de forma totalmente descontextualizada, com o inequívoco propósito de induzir o eleitorado a crer que Tarcísio critica a escola em período integral”.

Na decisão, a juíza relatou tratar-se de propaganda em desconformidade com a legislação eleitoral, cujo fato é sabidamente inverídico e gravemente descontextualizado. O pedido limitar determina ao Twitter Brasil a remoção, no prazo de 24 horas, da publicação feita por Rodrigo Garcia.

Publicidade

Essa não é a primeira vez que a justiça aciona integrantes da campanha do PSDB contra Tarcísio. No início de setembro, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo proibiu a publicação de um vídeo editado e postado nas mídias sociais do presidente do diretório estadual do PSDB, Marco Vinholi.

Na ocasião, a justiça determinou que o conteúdo fosse retirado por entender que houve manipulação indevida em vídeo publicado por Vinholi com o intuito de atribuir sentido contrário ao que foi dito por Tarcísio. A peça em questão tratava de trecho de participação na sabatina do Estadão/FAAP.

Publicidade

Siga o @portaldepinhal no Instagram, no Facebook e no Google News.

Publicidade

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.

Publicidade