Connect with us

Geral

Ubatuba começa a cobrar taxa ambiental de veículos de turistas nesta quarta; veja valores

Publicado

em

A Prefeitura de Ubatuba (SP), começará a cobrar a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) a partir desta quarta-feira (08.fevereiro). A taxa é uma espécie de “pedágio” que será cobrado de veículos que ficarem mais de quatro horas na cidade.

Ubatuba começa a cobrar taxa ambiental de veículos de turistas nesta quarta; veja valores
Foto: Divulgação | Prefeitura de Ubatuba

Como vai funcionar?

Foram instalados equipamentos com sistema eletrônico de leitura de placas que faz os registros dos veículos que entram na cidade. Portanto, não há pedágios e nem filas.

Valores da taxa cobrada por dia

  • motocicleta, motoneta e bicicleta a motor: R$ 3,50
  • veículos de pequeno porte (passeio/automóvel): R$ 13
  • veículos utilitários (caminhonete e furgão): R$ 19,50
  • veículos de excursão (vans): R$ 39
  • micro-ônibus e caminhões: R$ 59
  • ônibus: R$ 92

Como realizar o pagamento

  • por meio de compras de forma antecipada pelo no site (não há prazo de vencimento)
  • por meio de TAGs fixadas nos veículos (o débito acontece diariamente na conta do usuário)
  • no site ou app com cartão de crédito ou boleto bancário
  • na sede da Eco Ubatuba (rua Pacaembu, número 70, no bairro Estufa)

Veículos do Litoral Norte e cidades vizinhas serão isentos automaticamente

A Taxa de Preservação Ambiental (TPA) instituída pela lei 09/2018 prevê isenção para os veículos com licenciamento nos quatro municípios do Litoral Norte (Ubatuba, Ilhabela, São Sebastião e Caraguatatuba) e nas cidades vizinhas (Paraty, Cunha, São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra). A isenção é automática e não é necessário fazer o cadastro.

Recursos serão investidos na infraestrutura e conservação do meio ambiente

Segundo Guilherme Adolpho, secretário de Meio Ambiente de Ubatuba, os recursos obtidos com a TPA serão investidos na infraestrutura da cidade para preservar e conservar as praias, a mata atlântica e a biodiversidade local, além de desenvolver medidas para recuperação de rios e orlas, e fazer colocar em prática o plano de resíduos municipal. “Dessa forma, será possível compensar os impactos socioambientais gerados pelo grande fluxo de pessoas que visitam Ubatuba, mantendo a cidade limpa e conservada, tanto para os moradores quanto para turistas”, destacou Adolpho.

📱 Siga o Portal de Pinhal no Facebook, no Instagram e no Google Notícias.

Fonte: Prefeitura de Ubatuba

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.

Publicidade