Connect with us

Espírito Santo do Pinhal

CPFL Paulista alerta: Ao construir ou reformar, fique longe da rede elétrica

Acidentes tiveram aumento de 17% no último ano. Redobrar os cuidados na execução dos trabalhos próximos à rede pode salvar vidas

Publicado

em

A falta de atenção no manuseio dos equipamentos próximos à fiação pode provocar acidentes como quedas, queimaduras e choques elétricos. Em casos mais graves, a descarga pode ser fatal”, alerta Marcos Victor Lopes, gerente de Saúde e Segurança Trabalho do Grupo CPFL Energia. ”Por isso a CPFL atua de forma incansável por meio do programa Guardião da Vida – que engloba diversas ações educativas e de conscientização, tanto para colaboradores da empresa quanto para a comunidade em geral. Sempre com o objetivo de informar sobre os riscos associados ao uso da energia elétrica e as medidas de segurança que devem ser adotadas para evitar acidentes”, explica.   

Dentro deste contexto de conscientização, a CPFL Paulistadestaca algumas orientações de segurança para quem vai construir ou reformar:  

  • Planeje sempre suas atividades, utilize sempre equipamentos de segurança e mantenha uma distância segura de toda a rede de energia elétrica.  
  • Ao manusear barras de ferro, réguas de alumínio ou outros materiais metálicos, mantenha-os longe da rede elétrica.  
  • Cuidado ao manobrar caminhões com betoneiras, caçambas ou guindastes. A aproximação com a rede elétrica pode causar um choque fatal.  
  • Preste muita atenção na posição dos andaimes para que eles não esbarrem nos fios elétricos. Quando subir, você também não deve se aproximar dos fios de energia elétrica.  
  • Tenha cuidado ao usar o cabo extensor, e outros equipamentos com partes metálicas, durante a pintura. Um simples toque ou aproximação da rede elétrica é choque na certa.  
  • Ao limpar fachadas, cuidado para não encostar qualquer instrumento metálico na rede elétrica. 

Confira essas e outras dicas em: https://guardiaodavida.com.br/.  

Qualidade do fornecimento  

Acidentes e imprevistos envolvendo a rede de energia também podem afetar o dia a dia da população, ocasionando interrupção de energia e impactando no tempo de restabelecimento do serviço. Em 2023, a CPFL Energia registrou 4 mil interrupções no fornecimento de energia ocasionadas por algum tipo de incidente, causado pela população.  

“O resultado que buscamos é zero ocorrência do tipo, não apenas pelas questões que afetam o fornecimento de energia, mas, principalmente, pelos riscos de acidente.”, conclui Lopes.  

LEIA TAMBÉM: CPFL Energia é reconhecida com nota ‘A’ em mudanças climáticas pelo CDP

Sobre a CPFL Energia      

A CPFL Energia está há 111 anos no setor elétrico e atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e serviços. Desde 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a terceira maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês.      

É a maior distribuidora em volume de energia vendida, com mais de 13% de participação no mercado nacional, atendendo cerca de 10,5 milhões de clientes em 687 municípios nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná.  

Com 4.411 MW de capacidade instalada, está entre as maiores geradoras privadas do país, com atuação em fontes hidrelétrica, solar, eólica e biomassa.      

Atua de forma relevante também no segmento de transmissão, atendendo 87 subestações, que somam potência instalada de 14,9 mil MVA e mais de 6 mil quilômetros de linhas.      

O grupo CPFL conta ainda com uma operação nacional por meio da CPFL Soluções, fornecendo soluções integradas em gestão e comercialização de energia, eficiência energética, geração distribuída, infraestrutura energética, serviços de consultoria para descarbonização e certificações de energia renovável (I-REC).      

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3. O Grupo também ocupa posição de destaque em investimento social privado, com projetos de cultura, esporte e educação, por meio do Instituto CPFL.      

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.