Connect with us

Economia

Consumidor pretende gastar R$ 348, em média, em pequenos negócios com presentes do Dia das Mães

Pesquisa do Sebrae-SP indica um aumento de 9,3% em relação a 2023; data vai beneficiar mais de 430 mil empresas em São Paulo

Publicado

em

compra cartão de crédito aproximação
© Foto: samuelperales | Depositphotos

O consumidor pretende desembolsar, em média, R$ 348 com presentes para o Dia das Mães este ano com compras feitas em pequenos negócios. Esse valor representa um aumento médio real (já descontada a inflação) de 9,3% ante o gasto na data no ano passado. Com isso, cerca de 438 mil pequenos negócios paulistas, sendo 274,3 mil Microempreendedores Individuais (MEIs) e 163,3 mil micro e pequenas empresas (MPEs), deverão ser beneficiados. Os dados estão na pesquisa Dias das Mães e os pequenos negócios, do Sebrae-SP.

De acordo com o levantamento, os entrevistados planejam comprar, em média, dois presentes. Entre os pequenos negócios potencialmente beneficiados estão o varejo do vestuário e acessórios (253 mil MPEs), restaurantes (94 mil MPEs) e varejo de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal (52 mil MPEs).

“O fato de haver um aumento real no valor que os consumidores pretendem gastar com presentes é um bom indicador para o comércio, pois soma-se à intenção manifestada por 70% deles de destinar um valor maior ou igual ao ano passado no Dia das Mães”, afirma o consultor do Sebrae-SP Pedro João Gonçalves.

Os itens com maior procura para a data nos pequenos negócios são cosméticos, perfumes, cremes e hidratantes, mencionados por 53% dos consumidores; vestuário (roupas, calçados e bolsas) aparece com 49% das intenções; bijuterias e acessórios estão na lista de 22%, seguidos por flores,16%, e chocolates, 15%.

Para a decisão de compra, 63% dos consumidores consideram, principalmente, o preço; 42% levam em conta a existência de promoções e 33%, produtos diferenciados.

A compra presencial a ser feita em pequenos negócios tem a preferência de 46% dos entrevistados. Já 23% afirmaram que devem comprar apenas pela internet ou fazer a maior parte das aquisições por esse canal.

Se por um lado ir até o estabelecimento tem a maior simpatia do público, por outro, quando se trata de procurar informações antes de abrir a carteira, o Instagram é a fonte para 50% dos consumidores; lojas, supermercados e mercearias são a escolha de 44%. Além disso, 33% das pessoas planejam a compra com 15 a 30 dias de antecedência.

Entre as formas de pagamento que devem ser mais usadas, cartão de crédito lidera (74%), seguido do PIX (44%) e do cartão de débito (32%).

A pesquisa

A coleta de dados foi realizada por e-mail entre 22 de março e 4 de abril com 670 pessoas do Estado de São Paulo, com idade mínima de 18 anos. 

Foto: samuelperales | Depositphotos

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.

Publicidade