Connect with us

Economia

Banco Central corrige dados cambiais e país fecha 2022 no negativo

Erro na compilação de dados mostrou diferença de US$ 14 bi

Publicado

em

Um erro na compilação dos dados da série histórica do fluxo cambial – volume de dólares que entram e saem do país – apontou uma diferença de US$ 14,5 bilhões. O Banco Central (BC) constatou inconsistências no ano de 2022 e também nos últimos três meses de 2021.

Banco Central corrige dados cambiais e país fecha 2022 no negativo
Foto: Postmodernstudio | Depositphotos

Após uma revisão das informações, o BC informou que, em 2022, o Brasil registrou uma saída de mais de US$ 3 bilhões em vez de uma entrada líquida de cerca de US$ 9,5 bilhões, informados anteriormente.

Quando há saída líquida, significa que mais dólares saíram do país do que entraram. Quando acontece o contrário, o resultado é uma entrada líquida da moeda americana no país.

Os dados de 2021 também apresentaram erro, com repercussão menor já que contemplam apenas os 3 últimos meses do ano. A diferença, nesse caso, foi de US$ 1,7 bilhão.

Já em 2022, o erro gerou um buraco de quase US$ 13 bilhões.  

Em vídeo publicado ontem (26) nas redes sociais, o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, pede desculpas pela falha.

Com o erro, o fluxo cambial de 2022 passa de positivo, baseado em dados incorretos, para negativo após a revisão.

Confira o vídeo completo no canal do BC no YouTube:

📱 Siga o Portal de Pinhal no Facebook, no Instagram e no Google Notícias.

Fonte: Agência Brasil

Siga o Portal de Pinhal no Google News e receba alertas sobre as principais notícias.

Publicidade